Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1501
Título: Abordagem cognitiva do domínio da polissemia pelos alunos de português língua não materna : a construção do alcance semântico das palavras
Autor: Barbeiro, Célia Lavado Mendes Jorge Pereira
Orientador: Batoréo, Hanna
Palavras-chave: Ensino de línguas
Imigração
Crianças migrantes
Eslavos
Língua portuguesa
Segunda língua
Aprendizagem de línguas
Aquisição da linguagem
Linguística
Semântica
Portuguese as a second language
Semantics
Acquisition of the lexicon
Polysemy
Teaching
Data de Defesa: 2009
Citação: Barbreiro, Célia Lavado Mendes Jorge Pereira - Abordagem cognitiva do domínio da polissemia pelos alunos de português língua não materna [Em linha] : a construção do alcance semântico das palavras. Lisboa : [s.n.], 2009. 225 p.
Resumo: O fenómeno recente da imigração em Portugal coloca à escola portuguesa o desafio de acolher e integrar os alunos migrantes. A sua presença na escola exige uma atenção especial na aquisição/aprendizagem do Português enquanto língua não materna ou língua segunda, por ser esta a língua veicular dos conhecimentos escolares e porque do seu domínio depende a plena integração dos alunos migrantes. O presente estudo pretende conhecer as competências manifestadas, no que respeita à aquisição do léxico e, especificamente, ao domínio da polissemia, por parte de um grupo de alunos eslavos, do 3.º ciclo do ensino básico, que frequenta escolas da região de Leiria, cujas línguas maternas são o Ucraniano e/ou o Russo. Pretendemos, também, conhecer dificuldades de aquisição da língua portuguesa pelos alunos em causa, a fim de fundamentar propostas didácticas que favoreçam essa aquisição. Para a caracterização do domínio lexical apresentado pelo grupo de alunos eslavos de Português Língua Não Materna (PLNM), foram aplicados um teste de vocabulário e um conjunto de testes de conhecimento polissémico, por nós especificamente elaborados para o efeito. Os resultados alcançados pelos alunos de PLNM foram confrontados com os dos alunos de Português Língua Materna (PLM). No que respeita aos resultados dos testes linguísticos, os alunos eslavos, em média, revelam um domínio de vocabulário em Português significativamente inferior ao do grupo de referência, independentemente do seu tempo de residência em Portugal. Os resultados dos testes de conhecimento polissémico aplicados mostram que os alunos de PLNM, de um modo geral, conhecem os significados prototípicos dos itens lexicais que integram o teste, bem como os significados cujo grau de saliência se situa num nível próximo da prototipicidade dos referidos itens. Verificou-se que as dificuldades reveladas pelos sujeitos eslavos no domínio lexical se devem, por um lado, ao desconhecimento de vocábulos de uso menos comum ou de baixa frequência e, por outro lado, à falta de capacidade de expressarem com precisão os significados solicitados. A partir do nosso estudo e tendo em vista a promoção da competência lexical, designadamente no que diz respeito ao domínio da polissemia, apresentamos algumas propostas de actividades pedagógicas e didácticas susceptíveis de serem desenvolvidas no âmbito do ensino-aprendizagem do Português Língua Não Materna.
The recent immigration phenomenon in Portugal has challenged the Portuguese education system to welcome and integrate the migrant pupils in the Portuguese schools. At school, their integration deserves special attention concerning Portuguese language acquisition as the second language and the vehicular language of the school contents/syllabuses. The current research aims to recognise the linguistic competences of Slavic pupils in Portuguese lexicon acquisition, in particular, related to the polysemy domain. Our research also aims to understand difficulties of Slavic pupils in acquisition of Portuguese. This study concerns a group of Ukrainian and Russian pupils who attend schools in the area of Leiria from 7th to 9th forms. A vocabulary test and a set of tests on the knowledge of polysemy were applied to Slavic and Portuguese students, in order to characterize the Slavic students’ lexical domain of Portuguese as a second language. The results obtained in the Slavic group were compared with the results obtained in Portuguese L1 pupils. According to the statistic results of the linguistic tests, the average domain of Portuguese vocabulary by the Slavic pupils is significantly lower than that of the Portuguese students. The results of polysemy tests, based on ordinary words, show that the Slavic pupils not only know the prototypical meanings of the lexical items but also their most salient meanings. It is evident that the difficulties of the Slavic pupils in the domain of lexicon are due to two reasons: first, the unfamiliarity of the low frequency vocabulary, second, their lack of capacity to express themselves precisely. In order to promote the lexical capacity of the Slavic pupils, particularly in the domain of polysemy, we propose, according to the findings of our research, some methodological activities that can be put into practice in Portuguese language teaching as a second language.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Estudos Portugueses Multidisciplinares apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1501
Aparece nas colecções:Mestrado em Estudos Portugueses Multidisciplinares / Master's Degree in Multidisciplinary Portuguese Studies - TMEPM
Linguística - Teses de Mestrado / Master's Degree

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Barbeiro C - Abordagem Cognitiva do Domínio da Polissemia pelos alunos PLNM.pdf1,78 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.