Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1424
Título: Risco de crédito em carteiras de baixa sinistralidade : determinação de probabilidades de incumprimento baseada na teoria da credibilidade : uma aplicação no sistema bancário português
Autor: Branco, Carlos Rafael Santos
Orientador: Neves, João Carvalho das
Gonçalves, Amílcar
Palavras-chave: Bancos
Crédito
Risco
Gestão financeira
Teoria
Low‐default portfolios
Credibility theory
Probability of default
Credit risk
Models
Basel II
Data de Defesa: 2009
Citação: Branco, Carlos Rafael Santos - Risco de crédito em carteiras de baixa sinistralidade [Em linha] : determinação de probabilidades de incumprimento baseada na teoria da credibilidade : uma aplicação no sistema bancário português. [Lisboa] : [s.n.], 2009. XV, 378 p.
Resumo: A revisão do Acordo de Capital, concluída em 2005, veio relançar o interesse no tema do risco de crédito, em especial porque a determinação de requisitos de fundos próprios passou a poder basear‐se em metodologias desenvolvidas pelos bancos. Entre as matérias que, desde então, têm despertado a atenção da comunidade científica, encontra‐se a quantificação do risco de crédito em carteiras de baixa sinistralidade. O objectivo principal desta investigação prende‐se com a definição de uma metodologia de determinação de probabilidades de incumprimento em carteiras de baixa sinistralidade, apoiada pela Teoria da Credibilidade, um corpo teórico recomendado para contextos de informação limitada. A fase de desenvolvimento dessa metodologia é dominada pela construção de uma medida para aferir a intensidade de baixa sinistralidade de cada operação de crédito, a iLD, obtida a partir da selecção de componentes reconhecidas pela literatura, com base em respostas recolhidas num questionário, e da confirmação da respectiva validade e consistência, por recurso a métodos estatísticos. A fase de validação é orientada pelas disposições regulamentares, optando‐se por conceder particular relevo aos exercícios de backtesting e benchmarking, dado que a correspondente avaliação não depende do contexto de funcionamento efectivo nos bancos. Os resultados dos testes sugerem que a metodologia proposta reúne condições para ser considerada compatível com as disposições regulamentares em matéria de validação e indiciam a presença de uma margem adicional de conservadorismo nas probabilidades de incumprimento estimadas.
The revision of the Capital Accord in 2005 sparked new interest in credit risk, in particular because it enabled the determination of the own funds requirements to be based on methodologies developed by banks. Since that time, one of the key issues that has caught the interest of the scientific community is the quantification of credit risk in low‐default portfolios. The main goal of this research is to define a methodology for determining the probabilities of default in low‐default portfolios, on the basis of Credibility Theory – a theoretical system recommended for situations of limited information. The development stage of this methodology is dominated by the construction of a proxy to measure the intensity of the low‐default level applicable to each credit operation – the iLD – obtained by selecting components recognised in the literature, on the basis of questionnaire replies and the confirmation of their respective validity and consistency using statistical methods. The validation stage is guided by regulatory provisions, with special emphasis placed on backtesting and benchmarking exercises, given that the corresponding assessment does not depend on the effective operating context in banks. The test results suggest that the proposed methodology satisfies the necessary conditions to be considered compatible with validation‐related regulatory provisions and indicate the presence of an additional margin of conservatism in estimated default probabilities.
Descrição: Tese de Doutoramento em Gestão na especialidade de Finanças apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1424
Aparece nas colecções:Finanças / Finance

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_CarlosBranco.pdf2,83 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.