Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1421
Título: O ensino ténico-profissional em Portugal na segunda metade do século XX : o fenómeno da mobilidade social ascendente de carácter intergeracional
Autor: Duque, Luís Rosa
Orientador: Rocha-Trindade, Maria Beatriz
Simão, José Veiga
Palavras-chave: Educação
Educação
História da educação
Século XX
Reforma do ensino
Estudos comparados
Politicas da educação
Ensino técnico
Ensino profissional
Mobilidade social
Data de Defesa: 2009
Citação: Duque, Luís Rosa - O ensino técnico-profissional em Portugal na segunda metade do século XX [Em linha] : o fenómeno da mobilidade social ascendente de carácter intergeracional. Lisboa : [s.n.], 2009. 342 p.
Resumo: Este estudo nasceu da curiosidade e do interesse em melhor conhecer a expressão social das formações do ensino técnico-profissional (ETP) na segunda metade do século XX, particularmente no que se refere a fenómenos de mobilidade social ascendente. Para tanto, empenhámo-nos no estudo das quatro Reformas do ETP que, naquele período, tiveram como ideal o progresso à escala europeia, levando ao repensar dos modelos e dos perfis profissionais, de forma a garantir não só as qualificações necessárias ao desenvolvimento do país, mas também minimizar profundas discriminações de ordem social. Apesar das boas intenções manifestas nas Reformas, o ensino técnico- -profissional, face à via licealizante, não conseguiu alcançar, mesmo em democracia, o estatuto de paridade desejado, quer a nível social, quer a nível académico. Porém, os obstáculos de diversa ordem existentes não impediram que muitos dos seus alunos ultrapassassem a simples reprodução de classe. Assim, utilizando aspectos metodológicos das Ciências Sociais e alguns instrumentos da Educação Comparada, foi deduzida a hipótese da existência de uma linha de continuidade favorável à mobilidade social ascendente, ao longo dos quatro modelos do ETP, entre os anos 50 e 90 do século XX. A investigação de campo realizada tomou, como indicadores de classe social, a ocupação e a escolaridade. Dentro de limites devidamente explicitados, procurámos demonstrar que qualquer uma das Reformas, ao preconizar formações técnicas consonantes com pressões e necessidades do respectivo momento histórico, deu também lugar à realização de aspirações de mobilidade social ascendente, de carácter intergeracional, contribuindo, em princípio, para uma ordem social menos rígida e meritocrática.
This study started with my curiosity and interest in knowing the social results of technical-professional learning and training (shortening ETP in Portuguese), during the second half of 20th century, specially in what concerns phenomena towards the increasing of a better social standing. So, we were determined to learn about the four Technical-Professional Reforms that took place throughout the course of that period, which were made to pursue an ideal of progress, according to the European level and to push revision of standards and professional profiles over, in order to assure not only the necessary qualifications to the development of our country, but also to minimize deep discriminations in the social establishment. Even in democracy and despite the good and evident contents of the Reforms, the technical-professional learning could not reach the same social status as that of the classic secondary school, whether at social or academic levels. However, the existence of different kinds of obstacles did not stop many pupils from overstepping plain class reproduction. Therefore, using some of the methods of Social Science and some tools of Comparative Education, we deduced the hipothesis that it could exist a continuous line towards upper social mobility, through those four technical-professional learning styles, between the fifties and the nineties of the twentieth century. Under some well explained rules, we led up to the field investigation on the job and scholarship, taking them as social class indicia. Our purpose was to try to show clearly that any one of the Reforms, as preconizing technical trainig according to the demands and needs of the respective historical moment, each of them caused the undertaking of wishes to achieve higher up social degrees, from one generation to another, probably allowing to a less strict and meritorious social order.
Descrição: Tese de Doutoramento em Ciências da Educação na especialidade de Sociologia da Educação apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1421
Aparece nas colecções:Sociologia da Educação / Education Theory

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_Dout _L RosaDuque (2).pdf3,22 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.