Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1393
Título: Programa eco-escolas : um contribito para a sua avaliação
Autor: Gomes, João Carlos Serra e Moura
Orientador: Caeiro, Sandra
Amador, Filomena
Palavras-chave: Educação ambiental
Programas de ensino
Educação para a cidadania
Desenvolvimento sustentado
Agenda 21 Escolar
Avaliação
Educação para o desenvolvimento sustentável
Programa Eco-Escolas
School Agenda 21
Environmental education
Citizenship education
Eco-Schools Programme
Data de Defesa: 2009
Citação: Gomes, João Carlos Serra e Moura - Programa eco-escolas [Em linha] : um contribito para a sua avaliação. [Lisboa] : [s.n.], 2009. 373 p.
Resumo: Os desafios que as questões ambientais nos colocam hoje requerem alterações profundas na nossa visão e funcionamento da sociedade. Caminhar no sentido de uma sociedade humana em equilíbrio com a natureza implica mudar determinadas questões estruturais, quer na vertente conceptual quer prática, de forma a alavancar um processo com maiores probabilidades de sucesso. A década das Nações Unidas da educação para o desenvolvimento sustentável, iniciada em 2005, constitui uma oportunidade ímpar para inscrever o tema na agenda nacional neste domínio, sendo que, o programa Eco-Escolas é uma importante ferramenta ao seu serviço, podendo fornecer um contributo para formar crianças e jovens geradores de mudanças de comportamentos. Mas como é que as escolas implementam a metodologia dos sete passos relativa ao programa Eco-Escolas? Ou, como são envolvidos os alunos no processo de implementação de um projecto de educação ambiental no âmbito do programa Eco-Escolas? Para responder a estas questões foi desenvolvido um estudo que pretende fornecer um contributo para compreender a forma de implementação da metodologia deste programa na perspectiva de construção de um instrumento de avaliação, visando uma reflexão sobre o trabalho desenvolvido e consequente correcção/melhoria de futuras acções. Tendo por base uma investigação do tipo mista qualitativa-quantitativa, o trabalho realizado compreendeu visitas a Eco-Escolas e a aplicação de um estudo de caso com utilização da técnica de observação não participante. Este estudo realizou-se entre Dezembro de 2007 e Janeiro de 2009, e contou com a colaboração da coordenação nacional do programa Eco-Escolas bem como da respectiva comissão nacional. Identificámos alguns aspectos que são considerados como pontos fortes do programa EE, bem como outros que devem ser alvo de uma reflexão. Apresentamos no final uma proposta de um instrumento de acompanhamento do programa que se propõe que venha a ser aplicado nas Eco-Escolas portuguesas, preenchendo assim uma lacuna na avaliação deste programa. A sua utilização permitirá à comunidade escolar melhorar as suas práticas ao nível da implementação do programa Eco-Escolas e do envolvimento dos alunos, tendo em vista a sustentabilidade.
Today’s environmental challenges call for profound alterations to our vision of society and of how it functions. Working toward a humane society in harmony with nature implies changing certain structural issues, both conceptual and practical, that will provide leverage to a process more likely to succeed. The United Nations decade of education for sustainable development, which began in 2005, is a unique opportunity for including the theme in the national agenda covering this matter. The Eco-Schools programme is an important tool for fulfilling this goal and may contribute to educating children and youths and thereby generate behavioural changes. But how do schools implement the methodology covering the seven steps of the Eco- Schools programme? Or, how can students participate in the process to implement an environmental education project within the scope of Eco-Schools? A study was performed to answer these questions and to help understand this programme’s implementation methodology as a means of drafting an evaluation instrument to analyse the work carried out and, consequently, to correct/improve future actions. Based on an investigation combining qualitative-quantitative aspects, the work carried out included visits to Eco-Schools and applying a case study through a non-participative observation technique. This study was carried out from December 2007 to January 2009 and was assisted by the national coordination of the Eco-Schools programme and by the respective national commission. We identified some of the EE programme’s strong points and other aspects that must be analysed. In the end, we propose a programme follow-up instrument for Portuguese Eco- Schools, a feature that is missing in this programme’s evaluation. Implementing the said proposal will allow the school community to improve its Eco-Schools programme implementation practices and boost student participation in order to attain the desired sustainability.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Cidadania Ambiental e Participação apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1393
Aparece nas colecções:Mestrado em Cidadania Ambiental e Participação / Master's Degree in Environmental Citizenship and Participation - TMCAP

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TMCAP_JoaoGomes.pdf5,16 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.