Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.2/1216
Título: A promoção da inovação e mudanças nas escolas do 1º Ciclo, em agrupamento, no Concelho de Loures
Autor: Costa, Maria da Luz Mercê Vargas Fragoso
Orientador: Grave-Resendes, Lídia
Palavras-chave: Educação
Ensino básico
1º Ciclo
Agrupamento de escolas
Inovações educativas
Mudanças
Liderança
Formação contínua
Bibliotecas escolares
Loures
Data de Defesa: 2008
Citação: Costa, Maria da Luz Mercê Vargas Fragoso - A promoção da inovação e mudança nas escolas do 1º Ciclo, em agrupamento, no Concelho de Loures [Em linha]. [Lisboa : s.n.], 2008. 211 p.
Resumo: O tema deste estudo centra-se na problemática da inovação e mudança nas escolas do 1º ciclo, de grandes dimensões, em agrupamento, do concelho de Loures. Em 98, introduz-se em todas as escolas públicas um novo regime de autonomia, administração e gestão, baseado teoricamente na ideia da escola como centro das políticas educativas. Em 2003, através do ordenamento da rede educativa, procura-se agrupar todas as escolas em unidades de gestão, privilegiando os agrupamentos verticais. Esta investigação dá a conhecer a nova “organização educativa de escolas – os agrupamentos” e a situação em que se encontram as escolas do 1ºciclo e os seus actores, a nível de inovação e mudança. No sentido de apresentar um trabalho perceptível e coerente, fez – se um levantamento bibliográfico, a nível teórico e empírico destro desta temática. O estudo empírico deste trabalho visa caracterizar e identificar a perspectiva dos actores (professores com mais de quatro anos de serviço) sobre a promoção da inovação e mudança nas escolas do 1º ciclo em agrupamento, tendo como foco a liderança (comunicação; participação; inovação), a formação contínua e a biblioteca escolar. Escolheu-se uma abordagem descritiva e interpretativa como método de investigação. A estratégia de investigação seleccionada foi o estudo extensivo ou survey, optando-se pelo inquérito por questionário, como principal técnica de recolha de dados empíricos. A análise dos dados recolhidos demonstrou que as escolas do 1º ciclo em agrupamento apresentam actualmente duas estratégias de inovação em franco desenvolvimento: a formação contínua e a biblioteca escolar, explicando-se pelas condições estruturantes de apoio exógenas (rede de bibliotecas escolares, bibliotecas publicas, plano nacional de leitura e instituições de ensino superior). A nível de liderança as conclusões apontam que os professores mais empreendedores da inovação e mudança não são valorizados pelo órgão de gestão. O excesso de burocratização é a base da comunicação entre os A promoção da inovação e mudança nas escolas do 1ºciclo, em agrupamento, no concelho de Loures vários actores, consolidando-se uma imposição burocrática de soluções uniformes para todos os ciclos, não tendo em conta a especificidade do 1º ciclo.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Administração e Gestão Educacional apresentada à Universidade Aberta
URI: http://hdl.handle.net/10400.2/1216
Aparece nas colecções:Mestrado em Administração e Gestão Educacional / Master's Degree in Administration and Educational Management - TMAGE

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Microsoft Word - Mestrado Final 12 de Dezembro.pdf5,65 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.